Blog

nome do post Exercício Físico: ótimo remédio para a Fibromialgia! Escrito por:
Treinos 02 de Maio de 2017

Você já ouviu falar em Fibromialgia? A treinadora Integral, Sofia, explica para você. Mas saiba que o exercício físico é um ótimo remédio!

A síndrome da fibromialgia (SFM) é uma doença reumatológica conhecida por ter como caracteristicas dor crônica, fadiga, perturbações do sono, depressão e outros sintomas, como resultado de uma possível desregulação da função neurofisiológica. Porém, as causas da doença permanecem ainda desconhecidas.

O sintoma que diferencia SFM da maioria das outras condições médicas é alodinia, até mesmo a palpação mais suave ou toque físico. Na hora do diagnóstico, é importante considerar os sintomas associados, pois são parte importante da patologia da síndrome.

Um dos sintomas associados mais prevalentes na SFM, é  o distúrbio do sono, sendo que o sono de pacientes com SFM se difere de pessoas saúdaveis principalmente por possuir menores durações do estágio 2 do sono (sono REM). Um dos fatores capazes de piorar a qualidade do sono de mulheres com fibromialgia pode ser o baixo nível de atividade física.

Fibromialgia e Exercício Físico

Tanto o treinamento resistido quanto o treinamento aeróbio em pacientes com fibromialgia resultam em benefícios para estas pacientes, mostrando que o exercício físico pode ser uma ferramenta viável para melhorar a qualidade do sono de pessoas com SFM. Além disso, estudos mostram que programas de exercícios são capazes de trazer melhorias significativas na dor, função física e depressão em pacientes com SFM.

O exercício físico é uma ferramenta muito boa para auxiliar os sintomas dessa complexa doença e é amplamente utilizado e recomendado pela literatura. Por isso é importante estimular a prática constante como forma de tratamento e para melhoria da qualidade de vida (lembramos que o exercício físico melhora a qualidade de vida em pessoas com ou sem SFM).

Rerefências 

BELLATO, Enrico et al. Fibromyalgia syndrome: etiology, pathogenesis, diagnosis, and treatment. Pain research and treatment, v. 2012, 2012.

BIRCAN, Ç. et al. Effects of muscle strengthening versus aerobic exercise program in fibromyalgia. Rheumatology international, v. 28, n. 6, p. 527-532, 2008.

BURNS, Joseph W.; CROFFORD, Leslie J.; CHERVIN, Ronald D. Sleep stage dynamics in fibromyalgia patients and controls. Sleep Medicine, v. 9, n. 6, p. 689-696, 2008.

Campos, R. M. D. S., Silva, A., Queiroz, S. S. D., Mônico-Neto, M., Roizenblatt, S., Tufik, S., & Mello, M. T. D. Fibromialgia: nível de atividade física e qualidade do sono. Motriz: Revista de Educação Física, 2011.

CASSISI, G. et al. Symptoms and signs in fibromyalgia syndrome. Reumatismo, v. 60, n. 1s, p. 15-24, 2008.

ERICSSON, A. et al. Resistance exercise improves physical fatigue in women with fibromyalgia: a randomized controlled trial. Arthritis research & therapy, v. 18, n. 1, p. 176, 2016.

HOOTEN, W. M. et al. Effects of strength vs aerobic exercise on pain severity in adults with fibromyalgia: A randomized equivalence trial. Pain,Amsterdam, v, 153, n. 4, p.915-23, 2012.

JAHAN, F. et al. Fibromyalgia syndrome: an overview of pathophysiology, diagnosis and management. Oman Med J, v. 27, n. 3, p. 192-5, 2012.

Compartilhe:
Comentários
Posts mais populares
Alimentação x TPM Nutrição
Categorias
Nutrição Fisioterapia Treinos Sustentável Integralização Psicologia Receitas
Instagram
Facebook