Blog

nome do post Saúde da Mulher – Fisioterapia Uroginecológica Escrito por: adm
22 de Maio de 2015

Hoje é sexta-feira, dia de postagem da fisioterapia. O tema de hoje é relacionado à Saúde da Mulher, mais especificamente sobre a atuação da fisioterapia na Uroginecologia!

A fisioterapia Uroginecológica trata o Assoalho Pélvico (conjunto de 13 músculos) que quando possui alguma disfunção pode levar à incontinência urinária (dificuldade em segurar a urina, com perdas durante o esforço – carregar peso, rir, correr, espirrar, tossir), incontinência fecal (dificuldade em segurar as fezes ou flatos), nas disfunções sexuais (flacidez vaginal) e nos prolapsos (reto, bexiga, vagina). Ou ainda, quando este músculo apresenta um aumento de tensão pode levar à retenção urinária, vaginismo e constipação. O Assoalho Pélvico sustenta o peso dos órgãos pélvicos (como o útero e a bexiga). O enfraquecimento dessa musculatura pode ser provocado pela gestação, quando o Assoalho Pélvico tem grande exigência, pois sustenta o peso extra do bebê e placenta por 9 meses; alguns tipos de cirurgia e a episiotomia (corte realizado nas paredes da vagina durante o parto normal); a menopausa também contribui para o enfraquecimento dessa musculatura que tem ligação com os níveis de estrogênio. perineo 2205 A fisioterapia trabalha através da liberação da musculatura do assoalho pélvico, mobilização de cicatrizes aderidas e fortalecimento muscular. Você se identificou com algum desses sintomas? Marque já sua avaliação com a fisioterapeuta da Integral. Contato: Kamilla Zomkowski – CREFITO 10 4692 LTT-F | fisioterapia@culturadacorrida.com  

Compartilhe:
Comentários